“Nutri, queria tanto consultar com você, mas a consulta da fulana é mais barato, tu consegue fazer o mesmo preço?”

Frase clássica que todo mundo que tem seu próprio negócio já escutou. A resposta deve ser única… NÃO!!

Não podemos como profissionais entrarmos em uma escala de “leilão” inverso, aonde quem dá o menor lance ganha o cliente.

Isso é totalmente antiético e coloca o teu profissionalismo em jogo, o cliente deve ir até você não pelo preço e sim pelo bom serviço que você presta.

Mas Bruna, qual seria um bom valor para cobrar? Pois bem, uma das alternativas é você se basear pelo piso do seu sindicato, no nosso caso aqui, nós nutricionista devemos entrar no site do sindicato da nossa região (Rio Grande do Sul é o SINURGS), lá tem uma aba de HONORÁRIOS. Esse arquivo vai constar o valor da consulta nutricional e demais serviços, como Elaboração de Manual de Boas Práticas, hora técnica, dentre outras.

Utilize esses valores como referência, lembrando-se que podemos cobrar à mais do que está na tabela, mas NUNCA podemos cobrar valor abaixo do que consta ali. Isso não sou eu que falo, é o próprio CRN.

Se você é recém formado, não tem nenhuma especialização, te diria para cobrar o base que o sindicato nos fala. Já se você possuí especializações, está sempre se atualizando, não fique no básico, pois todos esses estudos demandam tempo e dinheiro, VALORIZE-SE.

“OK Bruna, tenho várias pós e quero cobrar R$300,00 reais a consulta, posso?” Pode, se você já possui uma carta de clientes e não estava cobrando R$150,00 reais mês passado, não vejo problema neste valor.

Lembre-se de 2 coisas:

1 – Se se eu sou novo na cidade, quero fazer uma carta de clientes, devo pesquisar os valores da região. Coloque no papel o valor que você acharia justo da consulta, depois faça uma pesquisa sobre os outros profissionais que trabalham na mesma área que você, qual é o valor médio das consultas deles. Isso vai dar um parâmetro para você ver se não está muito fora da realidade local;

2- Você já tem uma carta boa de clientes, mas cobra bem abaixo do que você gostaria. Então, suba os valores aos poucos, quando for fazer isso, avise seus pacientes com pelo menos 3 meses de antecedência, para eles não serem surpreendidos na hora de pagar.

É isso gente, falar sobre valores é complicado, pois quem cobra sempre acha que poderia cobrar mais e quem paga normalmente vai achar caro. O que precisamos é de equilíbrio.

 

Espero ter ajudado vocês, qualquer dúvida deixa aqui nos comentários ou nos mande um email para contato@nutrisdaserra.com.br

Elaborado por Nutricionista Bruna Champe CRN-12657

Contatos

email: champenutricao@gmail.com

instagram: nutribruna_champe

Whatsapp: 54- 9 91970870

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *