Você conhece a kombucha?

Embora ainda não seja muito conhecida e consumida pela população mundial, essa bebida foi descoberta há mais de 2.000 anos atrás no Extremo Oriente.

É conhecida pelos chineses como “chá da imortalidade” por seus benefícios à saúde do coração, cérebro e principalmente intestino (nosso segundo cérebro).

Consiste em uma bebida fermentada, contendo chá preto, açúcar (proveniente de fontes como açúcar de cana, fruta ou mel) e uma colônia conhecida como SCOBY, que significa “cultura simbiótica de bactérias e leveduras”.

Após a fermentação, a kombucha se torna carbonato, contendo vitaminas do complexo B, enzimas, ácidos e os famosos probióticos: responsáveis pela proteção da saúde intestinal – onde se encontra 80% do nosso sistema imunológico- e estimulam o seu correto funcionamento. Evitando assim, inúmeras doenças.

A bebida é um excelente complemento àquelas pessoas que procuram se alimentar bem e ter uma vida saudável. Podendo substituir o refrigerante, por exemplo.

Atua no sistema imune e possui inúmeros benefícios à saúde, principalmente quando relacionados ao eixo intestino-cérebro.

Dentre os benefícios da kombucha, destacamos:

  Prevenção de doenças
Segundo uma revisão publicada pela Universidade da Letônia, a bebida é benéfica para infecções e doenças, por possuir propriedades como desintoxicação, anti-oxidação, potências energizantes e promoção de imunidade.
Os antioxidantes presentes na kombucha auxiliam na prevenção à diabetes, doenças crônicas e até câncer.
 Suporte à saúde intestinal
Alguns modelos animais mostraram que a kombucha é capaz de ajudar na prevenção e cura de úlceras estomacais. E pode evitar a superpovoação da cândida no intestino, restaurando o seu equilíbrio e repovoando-o com probióticos.
Os probióticos são conhecidos como “bactérias do bem”. Eles estão envolvidos em tudo: desde a função imunológica, à saúde mental e absorção de nutrientes.
Melhora da função mental
Estudos demonstraram que os probióticos desempenham papel integral à saúde mental.
Além de auxiliar na prevenção e tratamentos de doenças mentais, o seu alto teor de vitaminas do complexo B aumentam os níveis de energia e bem estar.

 Saúde pulmonar
Um modelo animal realizado na China demonstrou que o seu consumo é eficaz para tratar doenças pulmonares causadas pela inalação de material perigoso.

 Luta contra bactérias
Estudos em laboratório demonstraram que as bactérias presentes nesta bebida possuem
efeitos antibacterianos contra estafilococos, E.Coli, Salmonella, Campylobacter jejuni. Cepas de bactérias responsáveis por intoxicações alimentares em todo o mundo.

 Saúde do coração
Ficou claro em modelos animais que ela pode diminuir os níveis de triglicerídeos e regula o colesterol naturalmente. Sendo assim, benéfica para a saúde do coração.

  Mantem a função hepática
O fígado é responsável por filtrar os compostos nocivos, sendo assim vital para a digestão e a saúde.
Estudos in vitro demonstraram que a kombucha pode proteger o fígado do estresse oxidativo e dos danos induzidos pela overdose do fármaco acetaminofeno.

Elaborado por  Natália Seiger – Estagiário de Nutrição

Contatos

instagram: ftnati

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posso lhe ajudar?