Ciclo circadiano

O sistema que controla os comportamentos relacionados ao sono é complexo e conta com diversos elementos, podendo ser comparado a uma orquestra.

O centro que rege o concerto da cronobiologia dos mamíferos é o núcleo supraquiasmático (NSQ) do hipotálamo.

Este núcleo é localizado junto ao nervo óptico, essa área do hipotálamo recebe conexões da retina que informam o sistema sobre a existência de luz.

A melatonina é secretada pela glândula pineal, obedecendo a estímulo do NSQ na ausência de luz, traduzindo a informação fótica em estímulo químico a todas as células.

A exposição à luz interage com o NSQ e pode alterar os ciclos do relógio. Luz intensa no final da tarde atrasa o relógio. Luz intensa no início da manhã adianta o relógio.

Ciclo Circadiano e Desempenho Físico e Temperatura Corporal Embora o desempenho físico e o esportivo sejam determinados por uma série de fatores, inúmeros autores sugerem que há muitas evidências indicando que a capacidade do desempenho está intimamente relacionada com a hora em que a temperatura corporal atinge o seu pico.

Colaborando com essas afirmações, outros estudos relatam que a média mínima do desempenho físico, assim como a velocidade dos processos mentais, parece diminuir durante as horas em que a temperatura se apresenta mais baixa.

Em uma revisão, Winget et al.62 (1985) descrevem que a hora do pico da temperatura corporal coincide com a hora do pico dos ritmos circadianos do consumo de oxigênio (VO2 ), da taxa de ventilação (VE) e da taxa metabólica, todos ocorrendo entre as15:00 e as 21:00 horas.

Carrier e Monk (2000) sugerem que o ritmo circadiano endógeno do desempenho físico seria controlado pelo mesmo marcador que direciona o ritmo endógeno da temperatura corporal, e que esses marcadores também dirigem outros ritmos fisiológicos, incluindo o cortisol plasmático e a melatonina.

A melatonina, hormônio secretado pela glândula pineal a partir da serotonina, é um importante marcador de inúmeros processos fisiológicos. Sua produção é regulada por uma via multisináptica do relógio biológico, localizada no núcleo supra-quiasmático hipotalâmico, sendo secretada em condições normais entre 21:00 e 07:00 horas.

Além de induzir o sono, acredita-se que a melatonina seja um poderoso antioxidante e responsável pelo controle da maioria, se não por todos, os ritmos circadianos. Carrier e Monk (2000) também descreveram que existiam correlações predominantemente positivas entre o bom desempenho e a temperatura mais alta e a melhor vigília subjetiva, assim como correlações predominantemente negativas entre o bom desempenho e os altos níveis do cortisol e da melatonina.

Perceberam como o ciclo circadiano é importante e interfere desde o nosso sono até o desempenho esportivo?

*Fonte: MINATI, A.; SANTANA, M.G.; MELLO, M.T. A influência dos ritmos circadianos no desempenho físico. R. bras. Ci e Mov. 2006; 14(1): 75-86

Elaborado por Nutricionista Bruna Champe CRN-12657

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posso lhe ajudar?