Nossa rotina vem se tornando cada dia mais corrida e estressante. O Brasil já lidera o ranking dos países com maior prevalência de ansiedade em todo o mundo. Este turbilhão em que vivemos pode afetar diretamente nossas escolhas alimentares fazendo com que sedamos as tentações e a alimentos cada vez mais palatáveis e energeticamente densos.
Quantas vezes você já se sentiu mentalmente esgotado? A medida que nos esgotamos mentalmente, nossa capacidade de autocontrole diminui. Imagine que todo dia você acorda com uma barra de energia mental completa e a medida que você realiza tarefas que exijam esforço cognitivo, esta barra de energia diminui até chegar ao esgotamento ou próximo dele.
Atividades que envolvem autocontrole como levantar do sofá para ir a academia ou escolher entre cozinhar um prato saudável ou pedir um ifood exigem atenção e esforço. Assim como um músculo que quanto mais próximo da fadiga, menor é a sua capacidade de realizar trabalho, quando maior o nosso esgotamento mental, menor é a nossa capacidade de autocontrole e de fazer boas escolhas. Por este motivo é mais comum termos vontade de comer alimentos caloricamente mais densos e palatáveis a noite, assim como, seguir um plano alimentar ou manter a rotina diária de exercícios. O esforço do autocontrole é cansativo e quanto mais nos vemos obrigados a fazer algo, menos energia e disposição temos para para exercer autocontrole novamente quando um próximo desafio se apresenta.
Em vista disso, organizar nossa rotina é fundamental para atingir nossos objetivos. Realizar exercícios pela manhã pode ser uma boa estratégia para quem se sente mentalmente esgotado ao final do dia, por exemplo. Dietas muito restritivas podem reduzir ainda mais nossa energia mental e levar ao esgotamento ainda mais rápido, podendo causar descontrole e prejudicando a adesão. Para pessoas que empreendem grande esforço cognitivo durante o dia pode ser atrativo fazer refeições mais flexíveis e palatáveis a noite, desde que adequadas as suas necessidades, promovendo bem-estar mental e mantendo a adesão a uma rotina alimentar saudável.
Referências:
Livro Rápido e Devagar – Daniel kahnemann

 Elaborado pelo estagiário de nutrição Bruno Mantero

             Contatos: email: brunomantero@gmail.com  instagram: bruno_mantero

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *