Fibromialgia e o papel da nutrição no tratamento

A fibromialgia é um processo desencadeado por dor crônica, fadiga, alterações de sono, ansiedade e depressão. Ocorrendo em maior frequência em pessoas de 35 a 60 anos, em mulheres e com quadro de sobrepeso ou obesidade.

Alimentação está diretamente ligada a sua melhora funcional. Um aporte de vitaminas balanceadas (A, C e E), são importantes para estimular o sistema imune, vitaminas do complexo B reduzem o estresse, sendo que a B9 pode ajudar na redução do colesterol. O mineral cálcio estão envolvidos em várias reações enzimáticas e tem absorção aumentada pela vitamina D. O magnésio pode reduzir a fadiga e prevenir cãibras.

Esse conjunto de vitaminas e minerais, pode ser o caminho para uma melhor qualidade de vida do paciente com fibromialgico, nada melhor do que o nutricionista, balancear e ajustar esses nutrientes para evolução clínica do paciente.

Silva AF, Schieferdecker MEM. Recomendações nutricionais para o tratamento da fibromialgia.
Demetra: alimentação, nutrição e Saúde. 2017. 12. 751-765.

FONTE: https://www.uol.com.br/vivabem/colunas/danta-senrra/2019/10/26/a-desafiadora-tarefa-de-conviver-com-a-fibromialgia.htm

Elaborado por: Luís Barletta

Formações

Licenciatura e Bacharelado em Educador Físico |Pós Graduado em Ciência do Treinamento Esportivo | Graduando em Nutrição.

Contatos

Instagram: @joaoluisbarletta | @physical_nutrition

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posso lhe ajudar?