O futebol é um esporte dinâmico que exige do atleta velocidade, força e performance, possui característica de treinamentos volumosos e competições intensas associados a pouco tempo de recuperação.

Em média, em um campeonato de futebol disputado no Brasil, uma equipe participa de dois jogos por semana). Nesse sentido, a preparação física de  uma equipe de futebol pode ser prejudicada pelo calendário de competições. Logo, uma boa recuperação auxiliada com a ingestão adequada de nutrientes, irá fazer a diferença neste processo.

E a nutrição caminha lado a lado com o rendimento esportivo, pois como comentado anteriormente, de nada adianta ter cargas altas de treinos bem elaborados, mais um calendário apertado, se o atleta não se preocupa com a recuperação, o combustível que vai fazer com que ele tenha uma melhor recuperação podendo prevenir até mesmo lesões.

Neste ponto a nutrição esportiva entra para ser a cereja do bolo, ela que irá fazer com que o rendimento do atleta seja eficaz, pois não adianta ter uma Ferrari e querer que ela ande colocando diesel.

Os macros nutrientes mais utilizados são: Carboidratos, proteínas e gorduras, nesta mesma ordem de importância.

Os carboidratos são a fonte principal de energia, é importantíssimo ter uma dose adequada deste macronutriente pré jogo, intra-jogo e pós jogo. E porque utilizaríamos intra-jogo? Justamente para repor uma parte do glicogênio muscular perdido no primeiro tempo de partida.

Além dos macronutrientes, já existem estudos que apontam que suplementos com efeito ergogênico, como é o caso da creatina, auxiliam muito os atletas no quesito SPRINT, fazendo com que tenham um rendimento de corrida muito melhor.

E claro que, quantidade de cada macronutriente e suplementos, devem ser calculados individualmente, pois além de ter peso e altura neste cálculo, também influência muito a posição que este jogador ocupa.

Infelizmente não são todos os clubes que contam com auxílio de um nutricionista esportivo, talvez ainda não se deram conta da importância deste profissional no meio do futebol.

Mas uma coisa é certa, se olhar para os grandes times brasileiros e europeus, verá que no plantel de profissionais um dos mais requisitados é sim o nutricionista.

Elaborado por Nutricionista Bruna Champe CRN-12657

Contatos

email: champenutricao@gmail.com

instagram: nutribruna_champe

Whatsapp: 54- 9 91970870

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *